#ACT 2018/19: Empresa propõe mais retirada de direitos nas Cláusulas Econômicas

0
190

A Empresa continua propondo retrocessos! Desta vez, foram as cláusulas econômicas. Leia e compartilhe: informação é instrumento de luta!

  • Adiantamento de Férias: Prazo para pagamento diminui de 5 parcelas mensais para apenas 2;
  • Concessão de Férias: Poderá dividir em até 3 períodos e não mais somente dois;
  • Adicional Noturno: Diminui o percentual de acréscimo de 60% para apenas 20% e encolhe o período considerado como horário noturno, sendo antes das 20h às 6h e passando para 22h às 5h;
  • Ajuda no Custo de Transferência: Retira a obrigatoriedade de seguir os critérios do Sistema Nacional de Transferência;
  • Antecipação de 50% da Gratificação Natalina: Em caso de opção por pagamento em parcela única, o trabalhador poderá demorar mais a receber, pois essa poderá ser feita até novembro e não mais até junho;
  • Anuênios: Retira o valor da gratificação de função ou complementação de remuneração singular;
  • Gratificação de Férias: Exclusão da cláusula;
  • Pagamento de Salário: Prazo deixa de ser o último dia útil do mês e passa ao 5º dia útil do mês seguinte;
  • Trabalho em dia de repouso: Diminui o valor do percentual a ser pago de 200% para 100% sobre o dia de trabalho normal;
  • Trabalho nos fins de semana: Prejudica o trabalhador ao retirar a especificação da carga horária dos empregados operacionais, deixando a jornada aos sábados sem definição.

***

Leia mais: ACT 2018/19 – Ata 10ª Reunião